Palestras

Palestras de Arnaldo Jabor Carioca, começou a carreira em 1962, no Jornal O Metropolitano. Ao longo das décadas de 60, 70 e 80 dedicou-se ao cinema. Entre seus filmes mais famosos estão: Toda nudez será castigada e Eu sei que vou te amar (1984).

Estreou como colunista de O Globo no final de 1995 e mais tarde levou para a TV Globo, no Jornal Nacional, Bom dia Brasil e Jornal da Globo, o estilo inconfundível com que comenta os fatos da atualidade.

Capaz de escrever com fluência em estilos variados, o palestrante Arnaldo Jabor mostra-se extremamente habilidoso ao aliar citações eruditas a uma visão crítica da realidade brasileira.

Principais temas de palestras abordados por Arnaldo Jabor:
• Conjuntura Nacional
• Conjuntura Internacional
• Macroeconomia
• Tendências na Economia
• A Nova Economia
• Conjuntura Nacional: Cenário Político e Econômico do País
• Quem é o Brasil? Presente e Futuro.

Arnaldo Jabor é conhecido por abordar os mais variados temas (cinema, artes, sexualidade, política nacional e internacional, economia, amor, filosofia, preconceito). Suas intervenções “apimentadas” na televisão e em suas colunas lhe renderam admiradores e muitos críticos e o consagraram como um dos melhores palestrantes da atualidade.

Entre em Contato

PERFIS OFICIAIS
NAS REDES SOCIAIS

Siga o Arnaldo Jabor nas redes sociais e acompanhe os seus artigos, vídeos e novidades.

Livros

Pornopolítica - Livro de Arnaldo Jabor
Pornopolítica
Neste livro, Arnaldo Jabor apresenta uma coletânea de crônicas em que temas públicos misturam-se ao universo de nossas fixações interiores. Política, sexualidade, miséria, arte, memória, medo - ao usar o cotidiano como matéria-prima de seus textos, Jabor associa fato e ficçã
Os canibais estão na sala de jantar - Livro de Arnaldo Jabor
Os canibais estão na sala de jantar
Em Os canibais estão na sala de jantar, Arnaldo Jabor aborda, com sua linguagem peculiar, temas como - a crise é sempre culpa do outro; - ninguém quer partilhar a crise; - a crise provoca ciúmes; - a crise é um latifúndio improdutivo que ninguém quer dividir; - a crise pode ser uma atraç&atil

Filmes

Pindorama - Filme de Arnaldo Jabor
Pindorama
O filme foi realizado no auge da repressão da ditadura militar no Brasil. Foi o primeiro longa-metragem de ficção de Arnaldo Jabor, e foi o representante oficial do Brasil no Festival de Cannes em 1971. O termo Pindorama, na língua geral dos índios, significa terra das árvores altas e, em tupi-guarani, ter
Toda nudez será castigada - Filme de Arnaldo Jabor
Toda nudez será castigada
Toda Nudez Será Castigada é um filme brasileiro lançado em dezembro de 1972, dirigido por Arnaldo Jabor, e produzido pela Produções Cinematográficas Roberto Farias, baseado na peça de teatro homônima de Nelson Rodrigues. O filme teve um público de 1.737.151 espectadores, sendo o quarto
DESENVOLVIDO POR CRIAMIX MKT|DZN